Nova logomarca do Instituto Crê Ser

97
Nova logomarca do Instituto Crê Ser

O Homem Vitruviano

Esse desenho de Leonardo Da Vinci (1452 – 1519), representa o ideal clássico do equilíbrio, da beleza, da harmonia e da perfeição das proporções do corpo humano.

O Instituto Crê Ser sempre o utilizou o “Homem Vitruviano” como logomarca por acreditar que esse símbolo sintetizava numa imagem toda a crença do ICS, que é baseado na “estrutura de desenvolvimento do Ser Humano” e na possibilidade de extrapolação dos limites físicos como resultado da superação da consciência, e que essa deve ser feita COM CIÊNCIA.

Apesar do belo e significativo desenho o mesmo trazia o problema de que a o site ficava sem uma identidade visual própria, pensando nisso foi elaborado uma nova logomarca.

As premissas de desenvolvimento da logomarca preconizavam que para representar tanto a ideia quanto o potencial proporcionados pelo ICS, a logomarca deveria ser: Simples e comunicativa; Leve e bem expressiva; Forte e bonita; Fácil de entender e rápida em se reconhecer. Ei-la

Nova logomarca

A logomarca combina uma sobreposição das iniciais ICS. Ao mesmo tempo que o desenho lembra uma bússola, que é um instrumento que indica uma direção a ser tomada, mas também pode ser observada como um relógio marcando as 06:00h ou 18:00h, horário considerado por muitos espiritualistas como sagrado por marcar o período de transição entre o dia e a noite.

A logo não tem polaridade, ou seja, se invertida verticalmente 180% dará o mesmo resultado.

A variação gradual do verde, em menor quantidade, para o azul, em maior quantidade, demostra justamente a transição do Ser Humano passando leve e gradualmente de um membro da natureza para um Ser Divino.

A barra inclinada ao centro indica a elevação da parte inferior que está ligada a terra e a matéria, a parte superior que está ligada aos céus e a espiritualidade.

Slogan

Acredite nesse ideal. Apoie essa causa

https://apoia.se/institutocreser

gestor
  • gestor

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: